Quando se trata da longevidade de estabelecimentos comerciais, o Brasil, infelizmente, sai perdendo.

O motivo por trás disso é o fato de que uma fatia considerável dos novos negócios fecha as portas em até dois anos após o início das atividades.

Felizmente, existe uma técnica que pode ajudar a reverter esse cenário: o marketing de conteúdo, um dos braços do marketing digital que mais tem se popularizado nos últimos tempos.

Apesar da popularidade dessa estratégia, ainda há empreendedores que relutam ao empregá-la, já que são céticos de seus benefícios.

O problema é que essa atitude faz com que eles desperdicem uma excelente oportunidade para se consolidarem no mercado, o que, por sua vez, faz com que eles cedam o lugar para a concorrência.

Quer aprender mais sobre isso? Então continue lendo e confira algumas das maneiras em que o marketing de conteúdo ajuda o seu negócio a conquistar mais leads qualificados.

 

1) Melhora na credibilidade da marca

Atualmente, oferecer uma boa relação custo-benefício não é o suficiente para conquistar clientes: também é muito importante que sua marca tenha credibilidade.

Por mais que isso seja válido para todos os ramos da economia, é algo que se destaca em algumas vertentes, como os serviços de contabilidade.

A boa notícia é que o marketing de conteúdo é uma excelente ferramenta para quem quer melhorar a reputação do seu negócio.

O motivo por trás disso é a técnica em si, que prega a publicação de conteúdos relevantes e gratuitos para o público, de modo que ele não aprenda mais apenas sobre a empresa, como, também, a respeito do setor onde ela atua e as soluções proporcionadas por ela.

 

2) Melhora no SEO

Devido à popularização do acesso à internet, uma fatia cada vez maior de consumidores tem o costume de fazer buscas na rede antes de tomar uma decisão de compra.

Entre as informações levantadas desse modo, estão:

  • Vantagens e desvantagens do produto;
  • Preços;
  • Marcas que o fabricam;
  • Como usar o produto da melhor forma possível.

Por conta disso, é cada vez mais importante que as empresas invistam em SEO, ou, em outras palavras, otimização de mecanismos de busca.

Deste modo, quando um cliente em potencial buscar informações sobre a sua solução, ele logo encontrará o site da sua empresa.

Para que isso seja possível, é preciso usar uma série de técnicas que coloquem seu site nos principais resultados das pesquisas.

Por exemplo: se você comercializa um software conciliação cartão crédito, é interessante qualificar seu site e blog para palavras-chaves relacionadas ao seu ramo.

Do mesmo modo, é preciso investir em um design fácil de usar e de carregamento rápido, já que os algoritmos priorizam sites que prezam pela boa experiência do usuário.

 

3) Possibilidade de guest posts

Já dizia o ditado: juntos, chega-se mais longe.

Por incrível que pareça, essa máxima é extremamente válida para o marketing digital, já que é muito comum fazer parcerias com empresas, de modo a melhorar os resultados de ambas.

Por exemplo: digamos que a sua especialidade seja a consultoria em gestão de estoque e armazenagem.

Nesse caso, é possível investir no guest posting, ou seja, em publicações em blogs que não são seus, em sites de self storages, por exemplo.

Além de aumentar a visibilidade, essa técnica gera links para a sua página, o que, por sua vez, é extremamente favorável ao SEO.

 

4) Criação de mais pontos de conversão

Ao elaborar o site de uma empresa, é sempre importante destacar os pontos nos quais o cliente pode comprar o produto ou serviço oferecido – ou converter, conforme o jargão do marketing.

A boa notícia é que o marketing de conteúdo é de grande ajuda para que isso aconteça.

O motivo por trás disso é que a adoção dessa estratégia exige a criação de um blog, que, por sua vez, gera um ambiente propício à conversão.

Por exemplo: caso você trabalhe com avaliação de bens, o cliente com certeza ficará muito mais inclinado a pedir um orçamento, ou mesmo fechar negócio, depois de ler um conteúdo bem elaborado a respeito do assunto.

Apesar disso, é preciso ter cuidado: caso o blog seja eminentemente publicitário, haverá rejeição por parte do público, que já não acredita na publicidade tradicional como antes.

Assim, os espaços para conversão precisam ser colocados em quantidades adequadas, e nos locais corretos.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Siga a Foggy Labs

Receba os novos artigos, materiais gratuitos e outras oportunidades.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Sobre o autor: Robson Wolanski é fundador da Foggy Labs, uma plataforma de serviço que cria aplicativos para você publicar seus conteúdos, criar sua audiência no mobile e se conectar efetivamente com seus clientes.


ÚLTIMAS DO BLOG


10 dicas para criar um aplicativo para seu negócio

Criar um aplicativo é uma ótima maneira de posicionar o seu negócio junto ao seu público, além de entregar um serviço e ou conteúdo que agregue valor ao usuário. Então, se você deseja lançar um aplicativo para seu negócio, é importante você conhecer algumas “melhores...

Os 3 Principais Canais de Marketing Digital

Nos artigos anteriores desta série, detalhamos: Parte 1: o que é e para que serve um blog corporativo e Parte 2: como criar um blog corporativo Neste terceiro e último artigo da série, vamos descrever uma estratégia de como divulgar o conteúdo que você publica no seu...

Como Criar uma Revista para Android

Criar uma revista digital, nos dias de hoje, tem um papel importante no ramo da informação, pois faz curadoria, filtra e organiza o conteúdo de forma que o leitor se sinta bem em consumir esse conteúdo. E para ter vantagem, as revistas precisam se renovar: precisam...